Homem mata funcionário da Energisa após não pagar conta e ficar sem luz

Categoria: Estadual
Acessos: 416
gilmarGilmar Francisco de Oliveira, de 33 anos, funcionário da concessionária elétrica Energisa, foi assassinato com pelo menos um tiro, o fazer o religamento da rede elétrica de uma residência, em Paranaíta, na tarde desta segunda (24).

O suspeito e proprietário do imóvel é Wilson Campanharo, de 51 anos. Conforme a polícia, na manhã de ontem a empresa cortou a energia devido atraso no pagamento.

Posteriormente, Wilson efetuou a quitação da fatura e pediu que a empresa religasse sua luz.

Gilmar foi designado para realizar essa atividade. Ao chegar na casa, a vítima concluiu o trabalho. E, devido ter ficado aborrecido com a situação, Wilson resolveu atirar contra ele.

O funcionário da Energisa foi atingido no tórax com um tiro de espingarda calibre 20 e não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o suspeito fugiu após cometer o crime e, até o momento, não foi localizado.

A concessionária de energia lamentou o ocorrido, disse estar enlutada e que presta solidariedade para a família de Gilmar.

A Politec esteve no local para analisar os fatos. O corpo de Gilmar foi encaminhado ao IML de Alta Floresta para a necropsia. A Polícia Civil passa a investigar o caso e tenta encontrar o suspeito.




Fonte: RD News