AUDIENCIA da MINERVA FOODS : NÃO HÁ PLANOS de REABRIR

minervaAs empresas Minerva Foods e Mato Grosso Bovinos firmaram nessa quarta-feira (17) um acordo para dar fim a Ação Civil Pública movida pelo o Ministério Público do Trabalho (MPT-MT) por dispensa de cerca de 1 mil trabalhadores da planta frigorífica das empresas no município de Mirassol D’Oeste. A conciliação ocorreu à distância, por meio do sistema de videoconferência da Justiça trabalhista mato-grossense.

Com o acordo, a Minerva Foods e a Mato Grosso Bovinos pagarão, juntas, R$ 350 mil por danos morais devido à dispensa em massa dos empregados, divididos em três parcelas, sendo a primeira já no próximo dia 12 de junho, e as demais nos meses subsequentes.

Elas também pagarão quatro cestas básicas, no valor de R$ 165,00 cada aos trabalhadores dispensados entre 1º de abril e 06 de julho de 2015. Os pagamentos serão mensais na conta bancária indicada pelo trabalhador e serão realizados em até 15 dias a partir de sua habilitação para receber o benefício. Além disso, elas também deverão oferecer cursos de qualificação aos ex-empregados que se disserem interessados.

A audiência conciliadora foi conduzida pelo juiz Pedro Ivo Arruda, na sede da Vara do Trabalho de Mirassol D’Oeste, onde estavam os representantes das duas empresas. Eles conversaram com o procurador do trabalho Francisco Cruz, que participou da videoconferência da sede do Tribunal Regional do Trabalho, em Cuiabá. A audiência também contou com a participação da empresa BRF, que havia sido arrolada como ré no processo.

Durante a audiência, as empresas informaram que NÃO HÁ, no momento, qualquer previsão de reabertura da planta frigorífica, mas se comprometeram judicialmente a dar preferência, em caso de reativação, na hora da contratação aos trabalhadores que se habilitarem ao recebimento do valor correspondente às cestas básicas e dispensados quando do fechamento da unidade de Mirassol d'Oeste.

Recebimento:

Conforme o acordo assinado nessa quarta, as empresas Minerva e Mato Grosso Bovinos deverão convocar, via Correios, os empregados dispensados para o cadastro visando o recebimento dos valores da cesta básica e realização do curso de qualificação. A convocação deverá começar a partir de 19 de junho e os trabalhadores terão o prazo de um ano (até 19/06/2018) para se apresentarem. Após isso, perdem o direito.




Fonte: olhardireto


pm-de-mirassol-prende-ladrao-minutos-depois-de-roubar-moto-em-curvelandia

moreno2Uma moto Honda Biz 125 de placa OBP-8410 de cor branca, foi roubado a mão armada no município de Curvelândia.

Tudo teria ocorrido quando a vítima teria chegando para comer em um carrinho de lanche, momento em que foi surpreendida por um indivíduo magro, negro, de camisa escura e calça jeans, que sacou uma arma e anunciou o roubo, solicitando para que ela entregasse sua moto, sendo que em virtude da grave ameaça e com medo de ter sua vida ceifada, entregou a moto.

O indivíduo sair com sua moto, sem capacete, sentido MT-250 que liga Curvelândia a Mirassol d'oeste.

Imediatamente após o fato, a vítima entrou em contato com a guarnição de Curvelândia que prontamente solicitou auxílio aos Policiais de Mirassol D'Oeste para que fosse realizado o cerco policial.

Os PMs de Curvelândia seguiu o mesmo trajeto que supostamente o suspeito teria feito, saindo pela MT-250 no intuito de visualizar o criminoso e realizar a abordagem, sendo que a guarnição de Mirassol D'Oeste montou uma barreira policial de maneira "velada" na entrada da cidade.

Logo após foi visualizada uma moto Biz de cor branca, conduzida por um indivíduo sem capacete e com as mesmas características repassadas pela vítima, momento em que foi feito o acompanhamento, sendo que o criminoso assustou-se com a presença dos PMs, vindo a perdeu o equilíbrio, caindo ao solo.

Na revista pessoal ao suspeito, foi localizado um simulacro de arma de fogo em sua cintura e constatado que moto era produto do roubo ocorrido momentos atrás no município de Curvelândia.

O suspeito Luciano Ramos da Silva foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Mirassol D´Oeste, para as providencias cabíveis.


Por: Joner Campos

mirassol-d-oeste-alunos-e-professores-sofrem-com-o-abandono-do-poder-publico

A atual administração de Mirassol D'Oeste tornou-se alvo de críticas na página do Facebook de um internauta.

Isso porque, mais de 70 alunos e professores tiveram que andar a pé por cerca de 2 quilômetros, após participarem de jogos escolares, que de acordo com o calendário, o município que recebe a delegação, seria o responsável em levar e trazer os alunos. 

"Quero demonstrar o que nos professores e alunos estamos passando nos jogos!!! O que foi passado para nós que não há disponível motorista, onde na parte da manhã o ônibus da faculdade nos transportam mais ficamos com alguns horários tendo quer ficar de a pé, andando uns 2km correndo alguns riscos como ser assaltado e cruzar avenida!!!!", disse o internauta.

"Ae vc pega um município pequeno igual Lambari tem ônibus disponível para os alunos!!! 
Por favor prefeita interinaInes Campos nos passaram q sexta normaliza mais ainda falta 2 dias, se possível antecipe isso para nós!!!", conclui o internauta.

 

 

mirassol-d-oeste-universitarios-ocupam-camara-de-vereadores-para-protestar-contra-falta-de-onibus

Cerca de 150 estudantes universitários de Mirassol D’Oeste, fizeram uma manifestação contra falta de ônibus para o transporte de universitários para Cáceres. 

Eles promoveram uma passeata e depois seguiram para a Câmara Municipal para pedir apoio dos vereadores.

Como da última vez, a manifestação foi de forma ordeira, inclusive com a presença de duas viaturas da Policia Militar e, momento algum elevaram o nível, com quaisquer tipos de ofensa, diferentemente do que disse o ex-prefeito de Mirassol D'Oeste, Elias Leal, naquela primeira vez, dizendo que o movimento foi uma "Anarquia".

Um estudante, que preferiu não se identificar, ressaltou a importância da universidade de Cáceres para a comunidade de Mirassol D’Oeste, denunciando a situação insustentável, principalmente as terças-feiras, quando a lotação não comporta mais alunos, tendo que deixar alguns para trás. Há um descaso conosco, disse.

“Não obstante, hoje temos 3 (três) ônibus da Prefeitura e 2 (dois) fretados. Estamos desprotegidos, falta sensibilidade, cuidado com o ser humano.”; “Hoje, cada aluno, tem que disponibilizar cerca de R$ 255,00 (duzentos e cinquenta e cinco reais) para o transporte”, ressaltou o aluno.

Ao site Mirassol Urgente, outro estudante explanou a difícil situação enfrentada pelos universitários, que além de percorrem cerca de 160 quilômetros por dia, precisam arcar com as despesas do transporte. São cinco ônibus, com cerca de 270 alunos, que levam diariamente os estudantes para quatro instituições de ensino superior além de outras três unidades de ensino profissionalizante e preparatório.

“Em nenhum momento eles pensam nos universitários, onde muitos deles vão perder o ano e até cancelar as suas matriculas; que ainda existe a possibilidade de retirarem mais um ônibus que apoiam os acadêmicos”, disse outro aluno.

Uma falta na faculdade para um universitário representa um aprendizado a menos na sua grade curricular.

Durante a passeata, alunos lembravam a bravata do ex-prefeito Elias Leal, que disse que havia deixado cerca de oito milhões em caixa, além da devolução da Câmara, por economia, de cerca de 600 mil reais em dezembro ultimo. Cadê o dinheiro?

Farra com dinheiro público:

De bom alvitre dizer, também, que semana passada, alguns vereadores foram “premiados” pelo “Instituto Tiradentes”, onde por tal “menção”, a Câmara de Vereadores de Mirassol D’Oeste teria disponibilizado aquele Instituto, o valor de R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais) para cada um, mais passagens ao custo de diárias de R$ 3.828,00 (três mil e oitocentos  e vinte e oito reais) e, R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais) respectivamente, além das passagens no total de R$ 7.634,00 (sete mil, seiscentos e trinta e quatro reais).

Moto furtada em Tangará é encontrada no meio do mato as margens de rodovia que liga Mirassol à Curvelândia

Uma motocicleta furtada foi localizada pela Polícia Militar (PM) nesta sexta-feira (22) em Curvelândia (MT), a 65 quilômetros de Cáceres. O veículo estava escondido em um matagal e foi roubado na cidade de Tangará da Serra/MT.

Os policiais estavam realizando um bloqueio na MT 250, que liga o município de Mirassol D’Oeste à Curvelândia, quando foram contatados, que uma motocicleta NXR Broz, de cor preta, placa OBM 2313 de Cotriguaçu (MT), fora abandonada em um matagal as margens da referida MT,

De posse das informações a guarnição policial se deslocou até o referido local logrando êxito em localizar a referida motocicleta.

Ao ser realizado a checagem veicular via o aplicativo SINESP foi constatado que a motocicleta tratasse de produto de roubo na cidade de Tangará da Serra (MT).

Foi confeccionado o presente Boletim de Ocorrência e encaminhamento a Delegacia de Polícia Judiciaria Civil para as providências pertinentes que o caso requer.  

Fonte: Cáceres Notícias