Secretaria de Obras de Mirassol D´Oeste coordena ações para atender demandas do municipio

obras2A Secretaria de Infraestrutura de Mirassol D’Oeste, deu início a um plano de ação coordenado objetivando a recuperação de todas as rotas em todos os quadrantes do círculo de abrangência do perímetro municipal. A operação é concernente às vias públicas, ruas, avenidas como também as estradas vicinais.

Amarildo Pedro do Nascimento, Secretário Municipal de Infraestrutura, reportou a esta Assessoria que sua Pasta é um dos termômetros das ações do Poder Executivo; a Secretaria de Infraestrutura, é a materialização de todo o conjunto de ações orquestradas pelo executivo, e isto é uma via de regra. São pelas ações desta secretaria que a população faz a análise e monitora a dinâmica operacional do Poder Executivo, basta alguma coisa estar fora da ordem, como por exemplos; uma ponte quebrada, uma rua interditada, lixo em local inadequado, enfim, o cidadão de imediato recorre à Secretaria de Infraestrutura buscando uma explicação,  uma solução que venha viabilizar um meio que solucione o problema, e através de  normatização e disciplina, a Pasta estando em condições legais incide de pronto no reparo necessário ao questionamento em pauta.

Portanto, a Secretaria de Infraestrutura está neste momento atuando em várias frentes de trabalho para que exista de fato, as condições necessárias para que o cidadão possa ter o respaldo constitucional de ir e vir, sem que isso, em contra partida possa parecer subterfúgio para esquivar-se das dificuldades impostas a todos, por um conjunto de medidas que evidentemente tem seu ponto de partida na formação de Leis oriundas na falha de um sistema fustigado pelas circunstâncias desfavoráveis ao estado democrático de direito.

Confira o ranking de reclamações do Procon de Mirassol D´Oeste, Cinco empresas são autuadas e multadas cadê o balanço do Procon de Quatro, ele deixa desejar

Loja gazin-lidera-reclamacoes-no-procon-de-mirassol
 
proconCom um ano de instalação completado no mês de junho, o Procon Municipal - Unidade de Mirassol D´Oeste, registrou 223 atendimentos no período 01/10/2016  a  04/07/2017, conforme dados divulgados pelo Coordenador Executivo do órgão, Robson de Castilho Ribeiro, em entrevista ao Programa Notícia-Esporte-Show, da Rádio 14 de Maio FM, na manhã de segunda-feira, 03 de julho.  A estatística foi obtida por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec).

Com relação aos fornecedores mais reclamados, em primeiro lugar ficou a "VIVO"; em segundo lugar "Ricardo Eletro" (City Lar); em terceiro lugar o "Móveis Gazin"; em quarto lugar "OI S/A" e em quinto lugar  "Móveis Romera".

Integram o banco de dados do Procon-Mirassol os registros efetuados somente na sede do órgão.

Das cinco empresas do ramo de telefonaia fixa, móvel e eletrodomésticos, apenas o Móveis Gazin conseguiu zerar todas as reclamações junto ao órgão de defesa do consumidor desta cidade, informou Robson de Castilho, acrescentando que cinco empresas foram autuadas e multadas, entre as quais, Ricardo Eletro (City Lar), Eletrokasa, Faculdade Anhanguera, entre outras.

Serviço

O Procon - Mirassol D´Oeste atende em sua sede municipal, no interior do prédio da Prefeitura desta cidade (antigo prédio do Fórum), de segunda a sexta-feira, das 07h às 13h. Para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos, o consumidor pode procurar a sede do Procon-Municipal.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone  (65) 3241-5152.



Por: 14 de Maio FM

Inquérito apura descumprimento de carga horária por médicos em Araputanga

saudeA Promotora de Justiça, Mariana Batizoco Silva, instaurou o Inquérito Civil nº 11/2017 para apurar eventual conduta de improbidade administrativa por parte dos médicos efetivados no serviço público municipal de Araputanga, consistente no não cumprimento da carga horária de 30 (trinta) horas semanais.
 
O inquérito foi inurado a partir de denúncia anônima encaminhada pela Ouvidoria do Ministério Público, relatando graves irregularidades, que se comprovado caracteriza prática de improbidade administrativa pelo recebimento de vantagem indevida pelos médicos efetivos do município, uma vez que não cumprem a carga horária de 30 horas semanais previstas no edital, deixando a população apenas com atendimento de urgência e emergência, o que obviamente tem causado sérios transtornos aos pacientes das referidas unidades de saúde e onerando os cofres públicos com o atendimento emergencial na Unidade de Pronto Atendimento, bem como recebimento de horas extras pelos profissionais.
 
Conforme o inquérito, os médicos devem trabalhar regularmente, de segunda às sextas-feiras durante seis horas diárias, perfazendo o montante de trinta horas semanais. Observou ainda, a falta de documento relativo ao controle de  frequência dos médicos efetivos, comprovando a presença regular e integral da carga horária de trabalho nas unidades de atendimento, inclusive com reconhecimento do gestor da inexistência de controle de presença  dos servidores e inclusive dos médicos, afirmando  não ser realizado o completo cumprimento da carga horária.
 
A promotora aponta a necessidade da instalação de um sistema eficiente de controle de frequência eletrônico isento de eventual manipulação de dados e informações para os funcionários municipais, notadamente pela Secretária Municipal de Saúde, haja vista decorrentes registros na Promotoria de Justiça de casos de não cumprimento de carga horário por profissionais do setor.
 
Com data do dia 27 de junho, foi estipulado ao município o prazo de 15 (quinze) dias para envio de informações à Promotoria de Justiça a acerca da razão do pagamento de horas extras aos médicos Richard Cicuto, Ricardo Rodhe, Lúcia de Miranda Moraes Andrade e Àlvaro Marconi.
 
O inquérito civil aponta ainda a existência de irregularidades na escolha do Presidente do Conselho Municipal de Saúde.
 
Para verificar a veracidade dos fatos, a promotora pediu para cientificar o Secretário de Saúde do Município, Hudson Cunha Ramos, da instauração do inquérito civil, bem como a notificação para comparecer a Promotoria e prestar esclarecimentos, no dia 12 de julho. 
 
A técnica administrativa Carla Beatriz Silva Ferreira foi nomeada para secretariar o Inquérito Civil.



Por Popular Online

Em Mirassol, homem é acusado de dar golpe de R$ 25 mil em idoso

popular3Um morador do município de Mirassol D’Oeste – MT registrou boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil, neste sábado (1), denunciando ter perdido um Volkswagen Polo Sedam, de cor Prata, com placas NBL­6848, de Mirassol D´Oeste, avaliado em cerca de R$ 25 mil, para um estelionatário, no golpe do “envelope vazio”.

O golpe consiste em depositar um envelope sem dinheiro, mas com valor preenchido, e mostrar o comprovante ou depósito ao vendedor. Como não há nada dentro, o banco não processa o depósito. Esse não é o primeiro caso registrado na cidade, mas foi o primeiro que veio à tona.

Depois de negociar valor, a vítima disse que o suspeito teria saindo feito o depósito na conta dela. Diante deste fato, a vítima entregou o carro para o suspeito.

Ao o idoso percebeu que caiu no golpe ao verificar a conta bancária e não encontrar os valores citados. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Judiciaria Civil de Mirassol D’Oeste como estelionato e será investigado.

Segundo as informações da Polícia o suspeito foi identificado pela vítima, trata-se de Everton Prudêncio Lopes.

De acordo com os policiais todas as delegacias e até mesmo o Gefron foram contatados para que possam localizar o veículo. Todavia quem puder dar informações do veículo ou tiver alguma informação a respeito do suspeito, favor entrar em contato através de 190, com qualquer unidade Policial Militar ou ainda através do telefone 197, delegacias de polícia ou ainda pelo número 3241-­2293, que é o telefone da delegacia de polícia civil da cidade de Mirassol D´Oeste.




Por Joner Campos

Passageiro que embarcou em Mirassol é preso com 13 quilos de cocaína

mirassol31Cerca de 13 quilos de pasta base de cocaína vindos da Fronteira foram apreendidos no município de Primavera do Leste (231 km ao Sul), e um homem preso pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de terça-feira (27.06).

O suspeito, Marcos Gabriel Hansem, 25, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, no trabalho realizado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Primavera do Leste.

As diligências iniciaram após denúncia anônima informando que um rapaz estaria trasportando certa quantidade de entorpecentes, em um ônibus de transporte interestadual com destinto à cidade de Goiânia.

Com base nas informações repassadas, uma equipe da Derf se deslocou até a Rodoviária da cidade, onde durante campana foi avistado quando um ônibus da empresa “Maia” estacionou e no interior havia um passageiro com as mesmas características ditas na denúncia.

Diante das coincidentes o suspeito foi abordado e identificado como Marcos Gabriel Hansem. Durante busca pessoal foi localizado uma mochila de cor preta com roupas pessoais, e outra mochila de cor verde colocada no fundo do ônibus para não chamar a atenção, contento 13 tabletes de substância análoga a pasta base de cocaína envolvidos em balões de festa.

Na ocasião os policiais civis perceberam que não havia outro passageiro nas proximidades da poltrona que pudesse veicular a mochila, a não ser a pessoa de Marcos Gabriel, que inicialmente afirmou ter saído com a droga de Campo Novo dos Parecis.

No entanto, conforme relato do atendente do guichê da empresa Maia, o passageiro embarcou no município de Mirassol D'Oeste, Distrito de “Cacho”, com destino a cidade de Goiânia (GO).

Em seguida o detido foi conduzido em flagrante junto com a droga à Derf, onde acabou assumindo ter embarcado no  Distrito de “Cacho”. Depois de ser interrogado pela delegada de polícia, Anamaria Machado Costa, Marcos Gabriel foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e colocado à disposição da Justiça.



Por Folha Max