Oficiais de Justiça de Jauru, Vila Bela, Comodoro, Mirassol, Porto Esperidião, Quatro Marcos, Araputanga e Rio Branco recebem qualificação

Categoria: Porto Esperidião
Acessos: 197
 (Crédito: Otmar de Oliveira (F5))
Vinte e três oficiais de Justiça de comarcas da região oeste de Mato Grosso, cujos juizados especiais receberão o Processo Judicial Eletrônico (PJe) na próxima segunda-feira (13 de março), participaram na manhã de hoje (7 de março) de curso de capacitação sobre o Processo Judicial Eletrônico (PJe).
 
A qualificação foi ofertada pelo instrutor Rosivaldo Rodrigues, da Coordenadoria de Tecnologia da Informação, aos servidores das seguintes unidades: Jauru (425km de Cuiabá), Vila Bela da Santíssima Trindade (521km de distância), Comodoro (644km), Mirassol D’Oeste (300km), Porto Esperidião (326km), São José dos Quatro Marcos (315km), Araputanga (345km) e Rio Branco (356km).
 
Nestas localidades, os processos em trâmite no juizado serão migrados do Processo Judicial Digital (Projudi) para o PJe, sendo que a partir do dia 13 de março a distribuição de novas ações será obrigatória pelo novo sistema.
 
“O treinamento foi bastante tranquilo, pois o perfil do oficial de justiça dentro do sistema é bem simples. Com quatro horas de aula dá para apresentar a ferramenta e dirimir todas as dúvidas dos participantes, pois não há complexidade”, salienta o instrutor Rosivaldo. Ele explicou que o oficial poderá baixar o mandado pelo PJe e, depois do cumprimento, devolver à secretaria digitalizado também via sistema, de qualquer local com acesso à internet.
Essa é uma das vantagens listadas pela servidora Karine Ancken, da Comarca de Porto Esperidião. “O instrutor explicou todas as funções passo a passo, dirimindo nossas dúvidas sobre os mandados. Com certeza com o PJe vai ser mais fácil acessar o processo e também devolver o mandado cumprido, pois vamos ter mais autonomia para trabalhar. Por exemplo, vou poder lançar as certidões de cumprimento de mandado de casa, se preferir”, assevera.
Apesar de se mostrar um pouco receoso com a chegada da nova ferramenta, o oficial de justiça Wilson Pereira, da Comarca de Mirassol d’Oeste, avalia o PJe como bastante intuitivo. “Com certeza teremos um pouco que estranhamento no começo, mas o sistema vai trazer mais agilidade na hora de devolvermos o mandado. Aos poucos vamos nos acostumar”, afirma.
 
Para a oficial de justiça Janaína da Silva, da Comarca de Porto Esperidião, a mudança vai trazer benefícios. “O uso da ferramenta do PJe torna o processo mais dinâmico e rápido. Acredito que vai trazer um pouco mais de trabalho para os oficiais, mas vai facilitar a rotina da secretaria, e dividir as responsabilidades entre todos é bom para o Judiciário. O PJe traz uma praticidade muito grande”, observa.
 
Confira abaixo o cronograma de capacitação a outros público nesta semana:
 
- Servidores da Secretaria - quarta e quinta-feira (8 e 9 de março), das 8h às 18h.
 
- Magistrados e Assessoria - sexta-feira (10 de março), das 8h às 18h.
 

 

Por Lígia Saito