Servidor do IFMT ‘escorraça’ Wellington e Ezequiel em Cáceres

Categoria: Cáceres
Acessos: 279
caceres8Fazer promoção política em um ambiente dominado por servidores públicos federais efetivos e com tendência política de esquerda é quase um suicídio nos tempos de hoje.
 
Ontem, 10, o senador Wellington Fagundes (PR) e o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), experimentaram isso na pele durante uma reunião no IFMT de Cáceres, para discutir a implantação do curso de Medicina Veterinária, que demandaria hoje um investimento de R$ 30 milhões, conforme o diretor do instituto Salmo César.
 
Ao final do encontro, articulado pelo presidente do Sindicato Rural, Jeremias Pereira Leite, um servidor, em voz alta, chamou os parlamentares de golpistas entre outros adjetivos impublicáveis.

Salmo César revelou ao Jornal Oeste, que orçamentáriamente o IFMT não tem condições de implantar o curso e que isso só seria possível com uma articulação política forte capaz de alavancar os recursos junto ao Governo Federal, o que atualmente hoje, parece difícil.



Por Jornal Oeste