Vereador de Araputanga é denunciado e poderá ser investigado pelo MP

Categoria: Araputanga
Acessos: 95
popular5O Ministério Público do Mato Grosso, através da Promotoria de Justiça da Comarca de Araputanga deve iniciar investigação para apurar possíveis irregularidades cometidas pelo Presidente da Câmara Municipal, vereador Oswaldo Alvarez de Campos Junior (PSB).
 
Conforme denúncia protocolada anonimamente na Promotoria de Justiça, o presidente da Câmara teria firmado parceria com um médico do Município de São José dos Quatro Marcos, utilizado espaço público, formulário e até medicamentos do município de Araputanga para atendimento em comunidades rurais, sem oficializar parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.
 
"Sobre a denúncia do atendimento do médico nas comunidades rurais tive conhecimento, e em relação ao remédio liguei para o secretário de saúde e ele afirmou que o presidente da Câmara realmente pegou o remédio", disse o vereador José Vicente de Carvalho (Zé do Gezo - PP), ao ressaltar que os vereadores têm direitos iguais, mas não faz isso porque sabe que é uma prática inconstitucional. "Pegar um remédio no Posto de Saúde, sem ter uma prescrição médica é uma falha tanto do vereador quanto do secretário de saúde, que não deveria entregar sem prescrição", afirmou.
 
O médico do município vizinho, que firmou parceria com o presidente do Legislativo e prestou atendimento em comunidades rurais de Araputanga é pretenso candidato nas eleições do ano que vem e existe a suspeita, de que, a ação poderia visar benefício eleitoreiro.
 
Para o Conselho Municipal de Saúde não é atribuição da Câmara Municipal fazer esse papel e sim o de fortalecer a Secretaria Municipal de Saúde na realização dos serviços, não criando concorrência para o setor. "Nós vamos apurar essa conduta se é legal ou não e discutir com os demais conselheiros essa denúncia de retirada de medicamentos da secretaria pelo o vereador, para fazer distribuição nas comunidades", afirmou Flávio Ferreira.
 
A Prefeitura Municipal de Araputanga já foi notificada a fornecer informações sobre a denúncia à Promotoria de Justiça.
 
O presidente do legislativo, vereador Oswaldo Alvarez de Campos Junior já responde procedimento aberto pela Promotoria de Justiça para apurar possível irregularidade em árvores arrancadas da calçada entorno do prédio da Câmara Municipal e agora terá que se explicar também sobre a nova denúncia.
 
A redação do Popular Online tentou contato com o presidente da Câmara Municipal, mais não obteve êxito.



Por Popular Online